Open/Close Menu Pediatria e medicina intensiva

Recomenda-se que o bebê fique de costas para o adulto, com a cabeça voltada para frente, para dar sustentação. A escova deve fazer movimentos circulares nas partes frontal e traseira dos dentes, e de vai e volta na porção de cima. Depois, dá para enxaguar, mas não é necessário. Como a pasta utilizada é pouca — cerca de um grão de arroz cru — não há problema que permaneça na boca do bebê.

Quando os dentes estiverem presentes em maior quantidade, um encostando no outro, o fio dental entra em cena uma vez ao dia, sempre aplicado pelos pais. Ele deve abraçar o dente para limpar o tecido mole da gengiva, num movimento de vai e vem. Alguns sinais indicam que a higienização não está sendo feita como deveria, como inchaço e vermelhidão na gengiva e manchinhas esbranquiçadas no dente.

Fazendo as compras

Escolher os produtos para manter o sorriso dos pequenos pode ser difícil, pois há muitas opções no mercado. Nem tudo, entretanto, é necessário ou eficaz para a limpeza. É o caso das dedeiras, por exemplo. Elas só servem para massagear a gengiva, o que alivia o incômodo do nascimento dos dentes. Separamos abaixo alguns exemplos para ajudar na busca!

Luva de limpeza

Alguns modelos substuem a gaze na limpeza da boca ainda banguela. Mas atenção: esse produto só é indicado só para bebês ainda sem dentes que fazem uso de fórmula láctea.

Escova de dentes para bebês

Elas devem ter o tamanho adequado para a idade — geralmente está indicado no rótulo — e cerdas macias, porém resistentes, para que não soltem durante a limpeza. O ideal é que as pontas sejam arredondadas para evitar lesões. Alguns modelos são também massageadores, que agem para aliviar a pressão provocada pelo nascimento dos primeiros dentinhos, e vêm com trava de segurança para impedir que a ponta chegue muito fundo na boa.

Que pasta de dente usar

Ela deve sim ser com flúor, que é importante para prevenir o aparecimento de cáries. Dessa maneira, não há obrigatoriedade de comprar uma pasta específica para o público infantil. O segredo é usar com parcimônia, cerca de um grão de arroz cru, até os 4 anos de idade.  Essa quantidade é segura, não oferece riscos ao bebê.

Escova de treinamento

Algumas marcas têm escovas específicas para o bebê imitar o hábito dos pais. Não é um item obrigatório da lista de compras, mas pode ser interessante para criar no pequeno o hábito de fazer a higiene bucal.

Afinal, as crianças adoram imitar os pais.

Fonte: Dr. Origenes J. Capellani (CRM 12564) / bebe.com.br

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2017 - GVY Tecnologia

Website desenvolvido por Sandro Saito        (45) 9 9103-1800